CMB Consultoria : Mineração e Meio Ambiente

Os responsáveis pelo transporte, distribuição, armazenamento e comércio de Água Mineral terão que seguir novas regras para garantir mais segurança no consumo e qualidade do produto no país.

De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), através da Resolução RDC nº 06, 11 de dezembro de 2002 que dispõe sobre o Regulamento Técnico para transporte, distribuição, armazenamento e comércio de Água Mineral, Água Natural, Água Potável de Mesa e Água Purificada Adicionada de Sais, todos os responsáveis deverão seguir os procedimentos citados nesta resolução para garantir o padrão de qualidade da água engarrafada, já que a última norma sobre o assunto data de 1977.

Caminhão carregando água mineral incorretamente
Veículo de carroceria aberta fora das especificações definidas pela ANVISA [item 8]

O correto manuseio no transporte, armazenamento e distribuição de Água Mineral, Água Natural, Água Potável de Mesa e Água Purificada Adicionada de Sais devem obedecer aos seguintes requisitos:

  1. Os veículos destinados ao transporte de Água envasada (Mineral, Natural, Potável de Mesa, Purificada Adicionada de Sais) deverão ser exclusivos para essa atividade, ficando proibido o transporte de substâncias químicas, inseticidas, praguicidas, saneantes, domissanitários ou qualquer tipo de produto ou substâncias estranhas que possam comprometer ou contaminar a qualidade desses alimentos;
  2. Não é permitido transportar, conjuntamente com os alimentos, pessoas e animais;
  3. A cabine do condutor deve ser isolada da parte que contém os alimentos;
  4. Os veículos destinados ao transporte de Água devem ser mantidos em perfeito estado de conservação e limpeza; devem estar livres de pontas (pregos, lascas, etc.) que possam comprometer as embalagens;
  5. Os métodos de higiene e limpeza devem ser adequados às características do produto, não concorrendo para a contaminação cruzada dos alimentos (física, química ou biológica);
  6. Os pisos e as latarias da carroceria devem estar isentos de frestas ou buracos que permitam a passagem de umidade e/ou poeira para a carga;
  7. Não deve apresentar a menor evidência da presença de insetos, roedores, pássaros, pragas, vazamentos, umidade, materiais estranhos e odores intensos;
  8. Os veículos destinados ao transporte de Água Mineral, Água Natural , Água Potável de Mesa e Água Purificada Adicionada de Sais que forem dotados de carroceria aberta devem atender as seguintes disposições:
    1. Possuir lonas e forrações impermeáveis isentas de furos e rasgos que permitam a passagem de água ou poeira, devendo estar limpas, secas e sem odores ou resíduos que possam contaminar a carga ou sujar as embalagens.
    2. As lonas devem ser dispostas bem esticadas para evitar eventual acúmulo de água em superfície.
    3. A totalidade da carga deve ser bem envelopada, revestida e coberta com lona impermeável por fora das guardas da carroceria.
    4. O emblocamento deve ser firme e a amarração deve ser bem feita, usando cantoneira para evitar danos ao produto que pode ser ocasionado pelas cordas.
    5. O empilhamento máximo de carga deve ser feito de maneira a evitar danos nas embalagens.
  9. O veículo deve possuir Certificado de Vistoria Sanitária e esse Certificado deve ser renovado anualmente:
    1. Veículos de outros Estados que realizam o transporte de Água envasada (Mineral, Natural, Potável de Mesa, Purificada Adicionada de Sais) deverão estar em acordo com as especificações técnicas dessa Resolução.
  10. As embalagens com os produtos: Água Mineral, Água Natural, Água Potável de mesa e água purificada adicionada de sais, deverão ser armazenadas em ambientes protegidos do sol e da poeira, com superfície pavimentada e distante de depósitos de lixo;
  11. As embalagens com os produtos: Água Mineral, Água Natural, Água Potável de Mesa e Água Purificada Adicionada de Sais devem ser colocadas sobre paletes ou estrados limpos e secos e em bom estado de conservação. Deve-se manter uma distância mínima de 45 cm das paredes, 25 cm do chão e 60 cm do teto, para facilitar a limpeza do ambiente e evitar umidade;
  12. As embalagens de Água Mineral, Água Natural, Água Potável de Mesa e Água Purificada Adicionada de Sais – vazias ou cheias – deverão ser armazenadas a uma distância mínima de 10 metros de produtos químicos, de produtos que liberem gases, de produtos de higiene, de limpeza, perfumaria, para evitar contaminação ou impregnação com odores estranhos. As embalagens de Água só poderão ser comercializadas em locais que vendem produtos alimentícios. Os postos de gasolina, por exemplo, só vão poder vender o produto dentro das lojas de conveniência;
  13. Solventes, praguicidas, detergentes ou produtos similares devem ser devidamente identificados e guardados em local específico, fora da área de armazenamento do produto Água Mineral, Água Natural, Água Potável de Mesa e Água Purificada Adicionada de Sais;
  14. Os funcionários que trabalham na área de armazenagem e distribuição de Água Mineral, Água Natural, Água Potável de Mesa e Água Purificada Adicionada de Sais devem ser treinados para o manuseio de alimentos e devem obedecer as normas de higiene e apresentação pessoal adequada (unhas curtas, mãos limpas e asseio corporal);
  15. Os funcionários devem manter higiene pessoal e comportamental quando manipular os garrafões;
  16. Fica proibida a venda de produtos que não possuem registro junto ao Ministério da Saúde.

A ANVISA também determinou com foco nos requisitos da Resolução da ANVISA RDC nº 173 de 13 de setembro de 2006 e Portaria nº 222 do DNPM que os funcionários das empresas produtoras passem periodicamente por cursos de capacitação, conscientização e preparação dos manipuladores e responsáveis pelo processamento industrial e empresário, quanto à importância da melhoria do processo produtivo de Águas Minerais e Águas Naturais (Potáveis de Mesa), visando à proteção da saúde pública, abordando temas como higiene pessoal, manipulação higiênica dos alimentos e doenças transmitidas por alimentos (próximo artigo)

Fontes:

Resolução da ANVISA RDC nº 06, 11 de Dezembro de 2002
Resolução da ANVISA RDC nº 173, 13 de setembro de 2006
http://www.anvisa.gov.br/e-legis

Portaria nº 222 do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM)
http://www.dnpm.gov.br/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Outros textos relacionados

Categories: Artigos

8 Responses so far.

  1. Roberto Zaponi disse:

    Gato por Lebre

    Além das questões apresentadas sobre a logística da Água Mineral, Água Natural, Água Potável de Mesa e Água Purificada Adicionada de Sais, o que me chama atenção é sobre o processo de concorrência voraz de mercado entre as águas minerais e as águas purificadas adicionadas de sais. As informações e o marketing que envolve as águas adicionadas de sais mascaram este produto, resultando em uma tendencia de se conquistar uma fatia de mercado das águas minerais. Até aí, podemos dizer que do ponto de vista das engenharias de mercados isso seja “aceitável”. O que não me parece aceitável é a forma de veiculação das propagandas sobre este produto, induzindo as pessoas a consumirem estas águas prurificadas adicionadas de sais na crença de que estas apresentam vantagens para a saúde, em comparação com as águas minerais. As águas minerais são produtos naturais com impactos altamente positivos sobre a saúde humana e de inigualável superioridade em relação as águas purificadas adicionadas de sais.
    Mas uma vez, estamos assistindo as leis de um mercado monopolista prevalecerem sobre os interesses da saúde pública e sobre o direito da informção correta do consumidor. Conclamo a todos a ingressarem em uma campanha de esclarecimento sobre a melhor escolha do consumidor em relação ao consumo de águas, para que não se compre gato por lebre.

    Roberto Zaponi
    Mestrando em Tecnologia Ambiental

  2. André Faermann disse:

    Boa tarde aos leitores;

    Em nosso país onde somente os bancos lucram nos roubando legalmente, onde o governo contaminado por corruptos companheiros, em conchavo c/ o Congresso Nacional mais caro e amorfo do mundo (vejam no SITE a pífia produção de leis (nas 2 casas) para resolver, só há para gastar com paliativos e debates, como de costume falta foco e vontade) onde todos estes déspotas se omitem permitindo a instalação do endividamento social, moral e financeiro da população mais sofrida, cadê a infra-estrutura prometida (8 anos de roubos), nas tvs só compras, piadas de mal e mau gosto, lazer de baixa qualidade ou violenta para nossos jovens e crianças, apelação por audiência dando reforma de casa e de carros, mostrando bunda e peitos, baixando nossas mulheres a vagabundas e burras de uso, quando na verdade o objetivo é a pura propaganda.., que aliás caiu de qualidade demais, que falta de criatividade, e ainda tentam usar computadores sem saber…, muito reuim mesmo, não da censura mas tá demais(estão perdendo audiencia para os computadores). Até o futebol morreu na tv, só filme que reproduz novela e novela que reproduz filme.
    Mas na realidade o tema é água, e penso que o governo deveria estimular a compra financiada de purificadores e filtros, pois a água no brasil é péssimo, não tão ruim quanto a de washington, massassuchets, veneza, toda india, e quase todo oriente médio e extremo., mas nós merecemos purificadores tipo aqueles da EUROPA, são ótimos.

    Abraço, André Faermann.

  3. Cleverson Morgado disse:

    Ola,

    Gostaria de esclarecer um ponto nao colocado acima. Respeitando as opiniões de todos, coloco minha posição quanto a questão de Agua Mineral e Agua Potável:

    Agua potável, como sabemos é indicada para o uso constante e diario sim. E filtros, como o exemplo acima citado, nao pode ser classificado como purificador, visto que ele a água que recebemos da rede publica, tem por lei chegar em nossa residencia pronta para consumo. Os chamados “Purificadores” por exemplo nao tirariam impurezas apresentadas em nossas caixas de agua. Podemos imaginar se algum dos filtros oferecidos no mercado poderiam tirar as impurezas de alguma ave, ou roedor, ou ate mesmo insetos mortos das caixas de água? Lembrando que se nao tomarmos cuidado, isso realmente pode acontecer. Residentes de prédios, funcionários de empresas, nem sempre tem este tipo de segurança.

    Por isso afirmo que Água Mineral Natural tem por origem a qualidade de estar no seu estado de extração, ou seja, nenhum contato humano. Da maneira que ela sai da Fonte, passando por tubulações de inox, e envasada em cabines lacradas, trazendo assim a segurança total a nossa saúde.

    Poderia colocar diversos pontos contra filtros, mas nao é este o caso. Apenas reafirmo minha opinião que filtros ou purificadores nos proporcionam um produto totalmente diferente do oferecido nos garrafoes e embalagens retornáveis de Água Mineral. Sem contar os benefícios que temos com os elementos quimicos existentes, que nos ajudam a manter o bom funcionamento de orgaos vitais, como rins. Alem de proporcionar melhoras, com o uso continuo, na estrutura ossea, e ainda de poder ainda ajudar no combate de doencas como hipertensão.

    Apenas um ultimo ponto, que é muito importante: Da para imaginar o que acontece na hora de consumir agua de filtros, quando é interrompido o abastecimento de água por conta da rede pulblica?? Isso acontece com mais frequencia do que imaginamos e as vezes isso pode ocorrer por mais de algumas horas, as vezes podendo chegar a dias.

    Faça o uso continuo e consciente da água de rede publica, para limpeza domestica, banhos etc., mas para o consumo proprio, fazer café, sucos, cha e afins, utilize Água Mineral Natural.

    Um Abraço a todos!

  4. Daniela Grecchi disse:

    Pessoal temos que tomar muito cuidado qdo o assunto é Água Mineral. Como o prório nome já diz é mineral natural, vem da natureza com seus minerais e componentes que a natureza adiciona. Os filtros apenas retiram matérias mais “pesadas” da água. Não tem nenhum poder desinfetante ou esterilizante, nem mesmo bactericida. Nenhuma água que passe por um filtro EUROPA, BRASTEMP ou qualquer marca que seja tornar-se-á mineral, nunca, jamais.Será apenas uma água potável. E ainda assim sem os minerais presentes em uma água mineral natural.
    Os consumidores destes filtros precisam ficar atentos as informações que referem-se a isto, principalmente se estes filtros estão regulamentados por algum órgão, ANVISA, INMETRO, etc…
    A televisão é o melhor meio de venda destes produtos e durante os comerciais nunca ouvi uma EUROPA ou BRASTEMP dizer que seus filtros seguem normas, resoluções, portarias, leis federais, etc.
    Mas, as indústrias de Água Mineral seguem, tem que seguir, pois recebem fiscalização constante dos órgãos comptentes para que o consumidor final tenha uma Água Minral Natural de qualidade em sua mesa.

    FILTROS= ÁGUA DE TORNEIRA FILTRADA!!!

  5. debora disse:

    InícioInstitucionalServiços»

    Meio AmbienteMineraçãoCasesNovidadesArtigosContatoTrabalhe ConoscoLogística de água mineral é regulamentada pela ANVISA
    Os responsáveis pelo transporte, distribuição,
    InícioInstitucionalServiços»

    Meio AmbienteMineraçãoCasesNovidadesArtigosContatoTrabalhe ConoscoLogística de água mineral é regulamentada pela ANVISA
    Os responsáveis pelo transporte, distribuição, armazenamento e comércio de Água Mineral terão que seguir novas regras para garantir mais segurança no consumo e qualidade do produto no país.

    De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), através da Resolução RDC nº 06, 11 de dezembro de 2002 que dispõe sobre o Regulamento Técnico para transporte, distribuição, armazenamento e comércio de Água Mineral, Água Natural, Água Potável de Mesa e Água Purificada Adicionada de Sais, todos os responsáveis deverão seguir os procedimentos citados nesta resolução para garantir o padrão de qualidade da água engarrafada, já que a última norma sobre o assunto data de 1977.

    Veículo de carroceria aberta fora das especificações definidas pela ANVISA [item 8]

    O correto manuseio no transporte, armazenamento e distribuição de Água Mineral, Água Natural, Água Potável de Mesa e Água Purificada Adicionada de Sais devem obedecer aos seguintes requisitos:

    1.Os veículos destinados ao transporte de Água envasada (Mineral, Natural, Potável de Mesa, Purificada Adicionada de Sais) deverão ser exclusivos para essa atividade, ficando proibido o transporte de substâncias químicas, inseticidas, praguicidas, saneantes, domissanitários ou qualquer tipo de produto ou substâncias estranhas que possam comprometer ou contaminar a qualidade desses alimentos;
    2.Não é permitido transportar, conjuntamente com os alimentos, pessoas e animais;
    3.A cabine do condutor deve ser isolada da parte que contém os alimentos;
    4.Os veículos destinados ao transporte de Água devem ser mantidos em perfeito estado de conservação e limpeza; devem estar livres de pontas (pregos, lascas, etc.) que possam comprometer as embalagens;
    5.Os métodos de higiene e limpeza devem ser adequados às características do produto, não concorrendo para a contaminação cruzada dos alimentos (física, química ou biológica);
    6.Os pisos e as latarias da carroceria devem estar isentos de frestas ou buracos que permitam a passagem de umidade e/ou poeira para a carga;
    7.Não deve apresentar a menor evidência da presença de insetos, roedores, pássaros, pragas, vazamentos, umidade, materiais estranhos e odores intensos;
    8.Os veículos destinados ao transporte de Água Mineral, Água Natural , Água Potável de Mesa e Água Purificada Adicionada de Sais que forem dotados de carroceria aberta devem atender as seguintes disposições:
    1.Possuir lonas e forrações impermeáveis isentas de furos e rasgos que permitam a passagem de água ou poeira, devendo estar limpas, secas e sem odores ou resíduos que possam contaminar a carga ou sujar as embalagens.
    2.As lonas devem ser dispostas bem esticadas para evitar eventual acúmulo de água em superfície.
    3.A totalidade da carga deve ser bem envelopada, revestida e coberta com lona impermeável por fora das guardas da carroceria.
    4.O emblocamento deve ser firme e a amarração deve ser bem feita, usando cantoneira para evitar danos ao produto que pode ser ocasionado pelas cordas.
    5.O empilhamento máximo de carga deve ser feito de maneira a evitar danos nas embalagens.
    9.O veículo deve possuir Certificado de Vistoria Sanitária e esse Certificado deve ser renovado anualmente:
    1.Veículos de outros Estados que realizam o transporte de Água envasada (Mineral, Natural, Potável de Mesa, Purificada Adicionada de Sais) deverão estar em acordo com as especificações técnicas dessa Resolução.
    10.As embalagens com os produtos: Água Mineral, Água Natural, Água Potável de mesa e água purificada adicionada de sais, deverão ser armazenadas em ambientes protegidos do sol e da poeira, com superfície pavimentada e distante de depósitos de lixo;
    11.As embalagens com os produtos: Água Mineral, Água Natural, Água Potável de Mesa e Água Purificada Adicionada de Sais devem ser colocadas sobre paletes ou estrados limpos e secos e em bom estado de conservação. Deve-se manter uma distância mínima de 45 cm das paredes, 25 cm do chão e 60 cm do teto, para facilitar a limpeza do ambiente e evitar umidade;
    12.As embalagens de Água Mineral, Água Natural, Água Potável de Mesa e Água Purificada Adicionada de Sais – vazias ou cheias – deverão ser armazenadas a uma distância mínima de 10 metros de produtos químicos, de produtos que liberem gases, de produtos de higiene, de limpeza, perfumaria, para evitar contaminação ou impregnação com odores estranhos. As embalagens de Água só poderão ser comercializadas em locais que vendem produtos alimentícios. Os postos de gasolina, por exemplo, só vão poder vender o produto dentro das lojas de conveniência;
    13.Solventes, praguicidas, detergentes ou produtos similares devem ser devidamente identificados e guardados em local específico, fora da área de armazenamento do produto Água Mineral, Água Natural, Água Potável de Mesa e Água Purificada Adicionada de Sais;
    14.Os funcionários que trabalham na área de armazenagem e distribuição de Água Mineral, Água Natural, Água Potável de Mesa e Água Purificada Adicionada de Sais devem ser treinados para o manuseio de alimentos e devem obedecer as normas de higiene e apresentação pessoal adequada (unhas curtas, mãos limpas e asseio corporal);
    15.Os funcionários devem manter higiene pessoal e comportamental quando manipular os garrafões;
    16.Fica proibida a venda de produtos que não possuem registro junto ao Ministério da Saúde.
    A ANVISA também determinou com foco nos requisitos da Resolução da ANVISA RDC nº 173 de 13 de setembro de 2006 e Portaria nº 222 do DNPM que os funcionários das empresas produtoras passem periodicamente por cursos de capacitação, conscientização e preparação dos manipuladores e responsáveis pelo processamento industrial e empresário, quanto à importância da melhoria do processo produtivo de Águas Minerais e Águas Naturais (Potáveis de Mesa), visando à proteção da saúde pública, abordando temas como higiene pessoal, manipulação higiênica dos alimentos e doenças transmitidas por alimentos (próximo artigo)

    Fontes:

    Resolução da ANVISA RDC nº 06, 11 de Dezembro de 2002
    Resolução da ANVISA RDC nº 173, 13 de setembro de 2006
    http://www.anvisa.gov.br/e-legis

    Portaria nº 222 do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM)
    http://www.dnpm.gov.br/

    Publicar no FacebookPublicar no TwitterCompartilhar no OrkutEnviar via E-mail programGet Shareaholic for Internet ExplorerOutros textos relacionados
    •Multinacionais investem em água mineral
    •COCARI caminha a passos largos com empreendimento de água mineral
    •Operação de Lavra – Água Mineral
    •Água mineral possui, sim, fiscalização e controle de qualidade
    •Ganhar dinheiro com água mineral: mito ou verdade?
    Categories: Artigos 4 Responses so far.
    Roberto Zaponi disse:
    11 de maio de 2008 às 13:03
    Gato por Lebre

    Além das questões apresentadas sobre a logística da Água Mineral, Água Natural, Água Potável de Mesa e Água Purificada Adicionada de Sais, o que me chama atenção é sobre o processo de concorrência voraz de mercado entre as águas minerais e as águas purificadas adicionadas de sais. As informações e o marketing que envolve as águas adicionadas de sais mascaram este produto, resultando em uma tendencia de se conquistar uma fatia de mercado das águas minerais. Até aí, podemos dizer que do ponto de vista das engenharias de mercados isso seja “aceitável”. O que não me parece aceitável é a forma de veiculação das propagandas sobre este produto, induzindo as pessoas a consumirem estas águas prurificadas adicionadas de sais na crença de que estas apresentam vantagens para a saúde, em comparação com as águas minerais. As águas minerais são produtos naturais com impactos altamente positivos sobre a saúde humana e de inigualável superioridade em relação as águas purificadas adicionadas de sais.
    Mas uma vez, estamos assistindo as leis de um mercado monopolista prevalecerem sobre os interesses da saúde pública e sobre o direito da informção correta do consumidor. Conclamo a todos a ingressarem em uma campanha de esclarecimento sobre a melhor escolha do consumidor em relação ao consumo de águas, para que não se compre gato por lebre.

    Roberto Zaponi
    Mestrando em Tecnologia Ambiental

    André Faermann disse:
    27 de novembro de 2008 às 14:42
    Boa tarde aos leitores;

    Em nosso país onde somente os bancos lucram nos roubando legalmente, onde o governo contaminado por corruptos companheiros, em conchavo c/ o Congresso Nacional mais caro e amorfo do mundo (vejam no SITE a pífia produção de leis (nas 2 casas) para resolver, só há para gastar com paliativos e debates, como de costume falta foco e vontade) onde todos estes déspotas se omitem permitindo a instalação do endividamento social, moral e financeiro da população mais sofrida, cadê a infra-estrutura prometida (8 anos de roubos), nas tvs só compras, piadas de mal e mau gosto, lazer de baixa qualidade ou violenta para nossos jovens e crianças, apelação por audiência dando reforma de casa e de carros, mostrando bunda e peitos, baixando nossas mulheres a vagabundas e burras de uso, quando na verdade o objetivo é a pura propaganda.., que aliás caiu de qualidade demais, que falta de criatividade, e ainda tentam usar computadores sem saber…, muito reuim mesmo, não da censura mas tá demais(estão perdendo audiencia para os computadores). Até o futebol morreu na tv, só filme que reproduz novela e novela que reproduz filme.
    Mas na realidade o tema é água, e penso que o governo deveria estimular a compra financiada de purificadores e filtros, pois a água no brasil é péssimo, não tão ruim quanto a de washington, massassuchets, veneza, toda india, e quase todo oriente médio e extremo., mas nós merecemos purificadores tipo aqueles da EUROPA, são ótimos.

    Abraço, André Faermann.

    Cleverson Morgado disse:
    13 de julho de 2009 às 11:46
    Ola,

    Gostaria de esclarecer um ponto nao colocado acima. Respeitando as opiniões de todos, coloco minha posição quanto a questão de Agua Mineral e Agua Potável:

    Agua potável, como sabemos é indicada para o uso constante e diario sim. E filtros, como o exemplo acima citado, nao pode ser classificado como purificador, visto que ele a água que recebemos da rede publica, tem por lei chegar em nossa residencia pronta para consumo. Os chamados “Purificadores” por exemplo nao tirariam impurezas apresentadas em nossas caixas de agua. Podemos imaginar se algum dos filtros oferecidos no mercado poderiam tirar as impurezas de alguma ave, ou roedor, ou ate mesmo insetos mortos das caixas de água? Lembrando que se nao tomarmos cuidado, isso realmente pode acontecer. Residentes de prédios, funcionários de empresas, nem sempre tem este tipo de segurança.

    Por isso afirmo que Água Mineral Natural tem por origem a qualidade de estar no seu estado de extração, ou seja, nenhum contato humano. Da maneira que ela sai da Fonte, passando por tubulações de inox, e envasada em cabines lacradas, trazendo assim a segurança total a nossa saúde.

    Poderia colocar diversos pontos contra filtros, mas nao é este o caso. Apenas reafirmo minha opinião que filtros ou purificadores nos proporcionam um produto totalmente diferente do oferecido nos garrafoes e embalagens retornáveis de Água Mineral. Sem contar os benefícios que temos com os elementos quimicos existentes, que nos ajudam a manter o bom funcionamento de orgaos vitais, como rins. Alem de proporcionar melhoras, com o uso continuo, na estrutura ossea, e ainda de poder ainda ajudar no combate de doencas como hipertensão.

    Apenas um ultimo ponto, que é muito importante: Da para imaginar o que acontece na hora de consumir agua de filtros, quando é interrompido o abastecimento de água por conta da rede pulblica?? Isso acontece com mais frequencia do que imaginamos e as vezes isso pode ocorrer por mais de algumas horas, as vezes podendo chegar a dias.

    Faça o uso continuo e consciente da água de rede publica, para limpeza domestica, banhos etc., mas para o consumo proprio, fazer café, sucos, cha e afins, utilize Água Mineral Natural.

    Um Abraço a todos!

    Daniela Grecchi disse:
    19 de maio de 2010 às 16:38
    Pessoal temos que tomar muito cuidado qdo o assunto é Água Mineral. Como o prório nome já diz é mineral natural, vem da natureza com seus minerais e componentes que a natureza adiciona. Os filtros apenas retiram matérias mais “pesadas” da água. Não tem nenhum poder desinfetante ou esterilizante, nem mesmo bactericida. Nenhuma água que passe por um filtro EUROPA, BRASTEMP ou qualquer marca que seja tornar-se-á mineral, nunca, jamais.Será apenas uma água potável. E ainda assim sem os minerais presentes em uma água mineral natural.
    Os consumidores destes filtros precisam ficar atentos as informações que referem-se a isto, principalmente se estes filtros estão regulamentados por algum órgão, ANVISA, INMETRO, etc…
    A televisão é o melhor meio de venda destes produtos e durante os comerciais nunca ouvi uma EUROPA ou BRASTEMP dizer que seus filtros seguem normas, resoluções, portarias, leis federais, etc.
    Mas, as indústrias de Água Mineral seguem, tem que seguir, pois recebem fiscalização constante dos órgãos comptentes para que o consumidor final tenha uma Água Minral Natural de qualidade em sua mesa.

    FILTROS= ÁGUA DE TORNEIRA FILTRADA!!!

  6. jefferson gomes disse:

    boa noite ,
    eu não agredito que os consumidores ainda se fantasie com esse tipo de agua adicionada de sais minerais.
    pergunto aos consumidores,a agua ela tem que ser pura ou add de sais minerais?
    pois na minha concepção a agua deve ser pura e ñ add de sais minerais,a agua pura tem uma qualidade bem assegurada ja a add de sais minerais pode provocar um impacto humano futuros no organismo.

  7. mozart s lisboa disse:

    Senhores: as colocações pertinentes estão bem clara aos missivistas anteriores. Com efeito, é desnecessário mencionar o ausente: falta-nos vergonha, o amor ao nosso país, à Pátria amada.
    O que adianta discorrer sobre Leis, Portarias etc, se não há fiscalização rigorosa.

  8. roberta disse:

    Boa tarde, a minha família possui uma envasadora de água Adicionada de Sais, mas implantamos um sistema de filtragem chamada Osmose Reversa. O problema é que a quantidade de sais minerais ficou abaixo do que a norma pede para a classificação Adicionada de Sais. Eu gostaria de saber se ela se encaixaria em alguma outra classificação, pois é um produto de ótima qualidade que tem o PH neutro e que hoje é zero sódio.

Deixe um Comentário


Artigos Mais Clicados

Ganhar dinheiro com água...

Postado em jun - 18 - 2007

103 Comentário

Logística de água mineral...

Postado em jul - 16 - 2007

8 Comentário

Água mineral possui, sim,...

Postado em out - 25 - 2007

6 Comentário

O PRIMEIRO CREMATÓRIO DO...

Postado em jan - 28 - 2010

4 Comentário