Defesa Civil contabiliza 1,8 mil pessoas afetadas pela chuva no PR

 

buy phenergan 100/50 buy phenergan 100/50 Promethazine without prescription generic Plavix online pharmacy cheap generic baclofen no prescription overnight delivery baclofen from buy cheap baclofen from canada without prescription canada A chuva causou estragos em todas as regiões do Paraná entre domingo (3) e esta segunda-feira (4). A Defesa Civil Estadual já contabilizou 1.816 pessoas afetadas em cheias de rios, destelhamentos e alagamentos registrados. Não houve pedido de situação de emergência nem há feridos. Há apenas três famílias desalojadas em Marmeleiro, no Sudoeste do estado.

A chuva contínua provocou estragos em diversas regiões da Grande Curitiba também. Milhares de residências estão sem energia elétrica, casas foram destelhadas, árvores caíram na rua, há estradas interditadas e famílias desalojadas em consequência da precipitação. Segundo o Instituto Tecnológico Simepar, só nesta segunda-feira Curitiba já acumulou 60 mm de chuva – a média para todo o mês de junho é de cerca de 100mm.

Em Curitiba, Região Metropolitana e Litoral, há aproximadamente 10 mil unidades consumidoras sem energia nesta noite. Durante a tarde, o número de usuários afetados chegou a 40 mil, segundo estimativa da Copel. A região norte (do bairro Atuba até Adrianópolis) é a mais afetada: durante a tarde havia 35 mil residências sem energia elétrica e, até as 21 horas, ainda eram registradas 7,3 mil unidades sem fornecimento.

Durante todo o dia, a Copel contabilizou mais de 88 mil unidades consumidoras que, alternadamente, ficaram sem energia por algum momento.

ceftin order ceftin buy baclofen online and receive cheap baclofen after finding a great baclofen price from your online canadian pharmacy. find out baclofen side effects and  order Vermox Estragos – No bairro Pilarzinho, em Curitiba, a Defesa Civil interditou 10 casas por riscos de deslizamentos. As residências ficam na Rua João Bonato e, segundo a prefeitura, as 50 pessoas que residiam no local foram instaladas na Escola Municipal Professor Lauro Esmanhoto. Não há previsão para a liberação das casas.

No bairro Vista Alegre, um muro de aproximadamente 3m desabou sobre uma casa, mas ninguém ficou ferido. A Defesa Civil registrou também alagamentos no Bairro Alto, na divisa com Pinhais, e no bairro Boqueirão, além do Parque Barigui. Houve também destelhamentos no Boa Vista, Pilarzinho e Bom Retiro.

Segundo dados do Corpo de Bombeiros, houve destelhamentos também no Atuba, em Colombo e em Pinhais. No loteamento Maria Claudia, em Almirante Tamandaré, uma árvore caiu sobre uma casa, mas não houve feridos. Estragos foram registrados em toda a região de Tunas do Paraná, com informações de destelhamentos e queda de árvores desde as 15h30.

Nolvadex online Rodovias get a list of fluoxetine producers, manufacturers , distributors, vendors, in usa , europe, asia, south & central america, buy generic fluoxetine usa . online  – Pela manhã, a Defesa Civil de Manoel Ribas, na região central do estado, informou a Polícia Rodoviária Federal que diversos trechos da BR-487, de Pitanga, estavam interditados por conta da chuva. No quilômetro 222, na ponte sobre o Rio Muquilão, a água do rio transbordou, bloqueando a passagem de veículos. Segundo a PRF, não é possível a passagem de nenhum veículo pelo trecho entre Pitanga e Campo Mourão. A previsão é de que a pista seja liberada somente nesta terça-feira (5).

No início de tarde, um desmoronamento de terra interditou a Rodovia dos Minérios (PR-092) por aproximadamente uma hora. O tráfego ficou bastante lento na região durante a tarde. (Fonte: Gazeta do Povo/PR)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

0 Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*