Pedreira Ica

A maior pedreira de Ibiporã e uma das mais importantes do norte do Paraná, com atividades desde 1981, responsável pelo fornecimento de produtos britados para o mercado de construção civil e pavimentação, e respondendo por cerca de 40-50% do fornecimento para Londrina e região.

O fim das reservas minerais da atual pedreira e a proximidade com o perímetro urbano de Ibiporã tornou necessário a procura por uma nova área e uma futura transferência.

Os trabalhos de prospecção mineral aplicados na região propiciaram resultados positivos e localizaram uma área com reservas minerais superiores a 50 anos e qualidade comprovada por ensaios tecnológicos.

CENÁRIO

Uma grande pedreira operando na cidade de Ibiporã, e cujos bairros do entorno cresceram e se aproximaram perigosamente das operações de lavra e beneficiamento.

Nestes casos, o conflito de convivência pressiona o empreendimento minerário a mudar de localização. Nesta fase, a pedreira já havia diagnosticado volumes finais de reserva mineral.

Portanto, a empresa pretende continuar operando com atividades de lavra e beneficiamento, aproveitando sua experiência de 30 anos, mas tendo que mudar de local. Porém, a nova área para a transferência deverá estar próxima a Ibiporã e Londrina, principal mercador de atuação da Pedreira Ica Ltda.

SOLUÇÃO

Num trabalho pioneiro de prospecção mineral, realizados pela equipe técnica da CMB Consultoria, utilizando-se geoprocessamento, análises de fotografias e controle de campo com uso de GPS, foram levantadas alvos de investigação.

Foram considerados como viabilidade, reservas minerais expressivas, acesso, proximidade do centro consumidor, baixa restrições ambientais e disponibilidade de venda da propriedade.

Foi identificada uma área entre Ibiporã e Londrina que reunia as premissas geológicas e ambientais. A área foi registrada no DNPM e posteriormente, teve sua pesquisa mineral aprovada e finalmente, obtido em dezembro/2010, a Concessão de Lavra, que juntamente, com a licença ambiental do IAP, habilita a transferência e operação da nova área. Foram realizadas sondagens rotopercussivas e modelagens matemáticas para cálculo das reservas minerais.

No licenciamento ambiental, foi elaborado o Plano de Controle Ambiental (PCA), com levantamentos dos meios físico, biótico e socioeconômico, garantindo que os impactos ambientais identificados podem ser mitigados com ações de controle e recuperação ambientais.

A expectativa é que as operações da nova pedreira sejam iniciadas em 2011, com equipamentos de lavra e beneficiamento comprados para as novas instalações.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

0 Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*